PDF Imprimir E-mail
Candidatura

Amig@s e companheir@s,


Nas eleies deste domingo, recebi com muita honra e gratido 1.042 sorrisos, pensamentos positivos, tapinhas nas costas, demonstraes de confiana, manifestaes de indignao, votos pela mudana. Eleitoralmente pode ser pouco -- mas pessoalmente motivo para grande satisfao. Combati o bom combate, nunca exerci to plenamente minha cidadania, e voc fez parte disso. Muitssimo obrigado!!

Para uma campanha de pouco mais de 3 meses (em contraste com outras de seis anos), com apenas duas aparies de 9 segundos no mesmo dia no Horrio Eleitoral Gratuito, sem experincia e sem qualquer estrutura, uns poucos ajudantes voluntrios, material mnimo de propaganda e um gasto total por voto de menos de R$ 10,00 (bem abaixo da mdia do DF), um resultado excelente.

Mais importante ainda: nenhum desses votos foi conseguido com uma cesta bsica, nem com dinheiro, nem com uma promessa de benefcio individual, nem por assistencialismo s custas do sofrimento alheio, nem por uso interesseiro da religio das pessoas, nem por meio de propaganda ostensiva, nem com propostas mentirosas e estapafrdias. Tenho certeza de que so votos qualificados, racionais, crticos, de pessoas que pensam e que no se vendem -- da a representatividade mais que especial deste nmero.

Enquadro a at mesmo o voto da rica, moradora do Varjo que vota no Centro de Ensino Fundamental do Lago Norte -- o querido "Coleginho" da minha infncia. Na ltima hora de votao, ela saiu da escola e o pequeno filho foi olhar os micos que pulavam nos galhos das rvores prximas ao porto. Minha me estava com o carro parado ao lado do porto, totalmente adesivado, e rica perguntou se ela conhecia o candidato do adesivo. A moa se surpreendeu com o singelo " ele!". E me surpreendeu quando disse "votei em voc". Dei-lhe um abrao. A ela explicou que votou em mim porque no queria votar para o candidato "mentiroso" (sic) para o qual o pai dela trabalhava -- Bencio Tavares. Dei outro abrao. Valeu o dia!!!

A nota triste que os votos obtidos pela legenda e pelos candidatos do PSOL no foram suficientes para que obtivssemos uma cadeira na Cmara Legislativa. Cabe a ns agora, com calma e sabedoria, interpretar esse resultado e seus motivos, e pensar em estratgias para que nas prximas eleies tenhamos um resultado melhor. Mas no pense que voc jogou seu voto fora -- longe disso:

  • Fui o terceiro candidato a distrital mais votado do PSOL, e essa representatividade permitir que, doravante, o partido absorva e considere mais o que voc acha importante (isto , aquilo tudo que fez com que voc se identificasse com as minhas propostas e bandeiras).
  • Somos pelo menos 1.043 pessoas com ideias e vontade de melhorar o DF com mais educao, mais igualdade, mais honestidade e cidadania -- isso gente pra caramba!
  • E no menos importante: quando virmos novamente escndalos de corrupo e de inoperncia na Cmara Legislativa e no GDF, ns -- voc tanto quanto eu -- teremos toda a autoridade e dignidade para dizer: "eu tentei fazer a diferena. No tenho culpa nenhuma nisso". No que isso se torne "lavar as mos", mas ser um argumento forte quando quisermos mostrar s pessoas a importncia de escolher bem seus candidatos.


Por isso tudo, reitero o agradecimento e a honrada felicidade por ter tido voc ao meu lado na campanha, na urna, na panfletagem, nas muitas mensagens e ligaes de apoio e congratulaes que recebi durante todo este domingo. Mesmo sem um mandato parlamentar, temos muito o que exigir e o que fazer para que Braslia volte a ter dignidade e seja um lugar cada vez melhor para viver. E, juntos nesta misso, ns estaremos mais fortes de hoje em diante.

Muito obrigado mais uma vez, e 1.042 enormes abraos!

Fabricio Rocha

03/10/2010